Floresta de pernas

Leonor Pinhão

Leonor Pinhão

Jornalista
Leonor Pinhão

Distribuição dos títulos deste verão

A pré-temporada termina hoje oficialmente às 20h45 no momento em que Artur Soares Dias apitar para o início do jogo entre o Benfica e o Vitória de Guimarães. É a decisão da Supertaça. Sempre que uma pré-temporada chega ao fim logo se animam, ou desanimam, as variadas hostes atirando-se com feroz capacidade analítica aos balancetes das respetivas tesourarias, deitando contas aos resultados de uma quantidade de joguinhos de Verão "que valem o que valem", consagrada expressão popular que serve para diminuir o impacto das escorregadelas ou para impedir euforias, conforme der jeito.

Uma pré-temporada não se dá por finda sem o inevitável cotejo entre triunfadores absolutos e derrotados em toda a linha, entre bons e maus negócios, enfim, entre as mais variadas situações decorrentes deste empolgante campeonato do Verão. Está ainda acesa a discussão sobre quem, por exemplo, conquistou a Taça Regresso Pré-Temporada 2017 porque, de facto, os competidores nesta categoria foram fortíssimos. É verdade que o regresso de Aboubakar ao FC Porto foi esplendoroso em golos e que seria o camaronês o vencedor se não se tivesse dado o caso, um desenlace teatral, de o presidente do Sporting ter anunciado o seu próprio regresso, desta feita musical, ao Facebook. E, assim, lá segue a Taça Regresso Pré-Temporada 2017 para Carvalho em detrimento de Aboubakar.

A Taça de Campeão Pré-Temporada 2017 vai para o FC Porto porque não perdeu um único dos seus confrontos de Verão e ganhou muitos mais do que aqueles em que empatou para além de ter recuperado o espírito Paulinho Santos em palavras, pensamentos e obras. Na categoria das compras, o Sporting foi o grande vencedor gastando mais do que os seus concorrentes o que lhe permite apresentar-se uma vez mais com o plantel mais caro da Liga. Quem pode, pode. Já o Benfica fica com o prémio das vendas visto que se desfez por uma batelada de jogadores para o Barcelona e para os dois Manchesters. Quem não pode, não pode.

A Taça Melhor Negócio Pré-Temporada 2017 vai para o Sporting pelos contornos operacionais da contratação do argentino Acuña embora, para alguma gente embirrenta, a Taça Pior Negócio Pré-Temporada 2017 vá também para o Sporting pelos contornos operacionais da contratação do argentino Acuña. A atribuição da Taça Arrependimento Pré-Temporada 2017 vai estar em discussão até ao cair do pano porque é difícil escolher entre o arrependimento de Octávio Machado por ter servido com toda a lealdade o Sporting Clube de Portugal e os remorsos de Fábio Coentrão por ter dito que só serviria com toda a lealdade o Sport Lisboa e Benfica. É provável que esta Taça seja atribuída ex-aequo a não ser que hoje, até às 20h45, alguém mais se arrependa fulminantemente de um erro do passado e ultrapasse Octávio e Coentrão no capítulo das contrições, o que, com franqueza, é quase impossível de acontecer.

04.08.2017
M M