Números da Liga

Luís Avelãs

Luís Avelãs

Jornalista
Luís Avelãs

Quando marcar penáltis não é assim tão fácil...

Existe uma convicção profunda entre todos os adeptos do futebol: marcar um penálti não custa nada. Contudo, se a questão for colocada aos futebolistas profissionais a resposta, com toda a certeza, não será essa. E olhando para as percentagens de aproveitamento percebe-se que, de facto, a tarefa parece muito mais fácil do que aquilo que é. Mais de metade dos penáltis são devidamente aproveitados, mas poucos conseguem adivinhar que, esta época, na Liga, a taxa de insucesso está em 26,2%. A probabilidade do castigo resultar em golo é elevada (73.8%), mas não se pode dizer (ou pensar) que são ‘favas contadas’.

Até à data foram assinalados 61 penáltis na atual edição da Liga, com 12 a serem defendidos pelos guarda-redes e 4 a acabarem desperdiçados diretamente pelos marcadores. Dito de outra forma, um em cada quatro penáltis não é transformado. Curiosamente, na jornada 27, tivemos uma exceção, pois todos os castigos marcados pelos árbitros (4) valeram golos. Mas, atenção, esta foi a primeira vez que uma jornada com muitos penáltis (4 é o máximo da temporada) não teve uma única falha. Antes, nas restantes quatro rondas com 4 penáltis, houve sempre um (ou dois) que não entraram, conforme se pode constatar no quadro acima.

De referir ainda que só sete equipas (Benfica, Boavista, Tondela, Estoril, Nacional, Rio Ave e Chaves) aproveitaram todos os penáltis de que dispuseram, sendo que o Arouca continua à espera do primeiro. Pelo lado contrário, o Sporting é quem mais desperdiça. Dos 7 penáltis que já conseguiu (é a equipa com mais conquistados), somente 4 foram transformados em golo. O que equivale só a 57,1 de eficácia.

SABIA QUE...

Esta foi a jornada com mais golos na 1.ª parte? Foram obtidos 15, superando os 14 da ronda 18.

Nunca tinham sido marcados tão poucos cantos? A ronda rendeu somente 71, bem abaixo dos 82 da 1.ª jornada, até agora o total mais baixo da temporada. Para isto muito contribuiu o duelo entre V.Setúbal e Moreirense, jogo onde se registou somente um canto. Tal constitui uma autêntica raridade em jogos da Liga.
O V. Guimarães é a equipa que provoca mais faltas ? Com efeito, os vimaranenses já sofreram 504. Nas posições imediatas surgem V. Setúbal (495) e Rio Ave (478).

O FC Porto lidera a tabela de cartões provocados? Apesar de não surgir no ‘top 3’ das faltas provocadas, os dragões já causaram 84 amarelos e 9 vermelhos aos adversários. Curiosamente, na Luz, na última jornada, não conseguiram provocar uma só sanção disciplinar às águias.

06.04.2017
M M