Record

FC Porto foi justo vencedor da 44.ª Taça de Portugal de hóquei em patins

Realizou-se durante este fim-de-semana no Pavilhão Multiusos de Gondomar a Final-Four da 44.ª edição da final da Taça de Portugal de Hóquei em Patins, com a participação do FC Porto, Sporting Clube de Tomar e Associação de Educação Física e Desportiva de Torres Vedras, tendo o SL Benfica boicotado a sua presença, em sinal de protesto pelos acontecimentos verificados na última jornada do campeonato nacional, no Pavilhão do Alverca, frente ao Sporting, que deu o título ao FC Porto. Ficam as afirmações do treinador dos encarnados, Pedro Nunes, que fez graves acusações aos árbitros desse jogo com o Sporting CP, afirmando, e passo a citar as suas declarações, "um erro premeditado e em que o objetivo era, claramente, que o SL Benfica não fosse campeão".

Esta Taça de Portugal de hóquei em patins teve a sua primeira edição no ano de 1963, sendo disputada entre o SL Benfica e Associação Desportiva de Oeiras, com a vitória a 'sorrir à equipa da Luz por 6-2.

No sábado apenas se realizou um encontro, que pôs frente a frente o Sporting Clube de Tomar, fundado em 26 de Fevereiro de 1915, e que tem no seu historial desportivo os títulos de campeão da 2.ªdivisão, nas épocas de 1980/81, 1993/94 e 1999/2000, e que esta época que findou alcançou o 10.º. Lugar no campeonato nacional, e a Física de Torres Vedras, derrotada por 3-1.

Sobre a falta de comparência por parte do SL Benfica, admito apelidá-la como uma atitude de falta de respeito pelos adversários, público e com a própria modalidade, não deixando o Benfica contudo de ter tomado uma atitude de chamar a atenção para erros crassos que se passaram na última jornada.

Hoje, disputou-se a final entre o FC Porto 5-Sporting C. de Tomar 1. Assim o FC Porto, em 22 finais, alcança a sua 16ª. Taça de Portugal, passando o SL Benfica no historial da competição, que soma 15 títulos.

Com esta justa vitória da equipa do FC Porto na Taça de Portugal, alcançada frente a um justo vencido, o Sporting Clube de Tomar, esta época, o FC Porto alcança o seu triplete, ao ter vencido a Supertaça António Livramento, o campeonato Nacional e agora a Taça de Portugal, feito que não acontecia há onze anos.

Parabéns não só ao FC Porto, como aos grandes 'lutadores' e dignos vencidos que foram os jogadores do Sporting Clube de Tomar, numa final sem casos disciplinares a registar.

Fora o caso lamentável da falta de comparência do SL Benfica (lá terá os seus motivos), foi uma jornada de propaganda para a modalidade que é a paixão de todos os portugueses, amantes do hóquei em patins, atual campeão da Europa da modalidade.
Deixe o seu comentário
M M