É cada vez mais necessária a devida pacificação para credibilização e paz em redor do futebol português - futebol português esse, que, lamentavelmente a este respeito anda pelas "ruas" da amargura. Justifica-se o "grande" número de programas, com debates, quase todos os dias da semana, a discutir-se sobre o tema futebol, com alguns comentadores que dão as suas respectivas opiniões - não a falaram, mas a discutirem -, cada um à sua maneira, mas sem qualquer pudor ou ética e muitas vezes nada educados, somente semeando ódios entre os respectivos intervenientes e só defendendo o seu emblema de "coração?, Incluindo BTV, Porto Canal e ultimamente, para compor o ramalhete, a Sporting TV, típicas rivalidades "bacocas" dos respectivos comentadores, criando ódios, rivalidades e mal-estar.

Para isso acabar, só há uma entre várias soluções. O desligar o televisor ou mudar de canal e, por último, nem sequer ligar o seu televisor. Se todos aqueles telespectadores de bom senso seguissem este conselho, estes programas-debates-sobre-futebol acabavam e de uma vez por todas os canais de televisão convidariam outro tipo de comentadores, extra-futebol.


Autores: Mário da Silva Jesus/refomado/64 anos