A gestão de Jorge Jesus no Sporting

Vítor Almeida Gonçalves

Vítor Almeida Gonçalves

Redação
Vítor Almeida Gonçalves

Um balneário como aliado

As opções de Jorge Jesus no jogo com o Marítimo, da Taça da Liga, deixaram bem clara a estratégia de gestão do plantel do Sporting, à entrada de um ciclo exigente, com decisões em três frentes, dois jogos por semana e um clássico à porta.

A prioridade, e na verdade nem seriam necessárias confirmações, é ter a equipa pronta para atacar a Liga na máxima força e, numa segunda linha, criar condições para discutir o resultado com o Barcelona, na certeza de que não há impossíveis em futebol mas existem, sim, diferenças que começam no orçamento mas não terminam nesse fator. Onde o Sporting pode equilibrar, e é nesse ponto que Bruno de Carvalho tanto tem insistido nos últimos anos, é na ambição e na vontade de ganhar.

Dito isto, é pois no campeonato que está a verdadeira (e mais importante) guerra do Sporting,  e por isso não causou surpresa que Jorge Jesus tenha começado o jogo com o Marítimo sem nove dos seus habituais titulares. Assim como, seguindo esta lógica, não surpreenderá que o técnico volte à fórmula original este sábado em Moreira de Cónegos, no regresso à Liga.

Mesmo com o Barcelona no horizonte, e sabe-se que os grandes jogos mexem muito com os jogadores, Jesus não deverá hesitar em escolher os melhores e a equipa mais capaz, sem qualquer sinal de gestão a pensar na Champions. E sem prejuízo do que de bom tirou das experiências na Taça da Liga, desde logo Ristovski.

O técnico já tem destacado a "cabeça sã" dos reforços, quando diz que têm a capacidade de colocar os interesses da equipa à frente dos seus, aceitando que podem ou não jogar. Essa mentalidade saudável será fundamental na abordagem aos próximos jogos: por muito que os nomes (e as aparências e até os milhões imediatos) digam o contrário, estará mais em jogo com o Moreirense do que com o Barcelona, embora a responsabilidade seja igual. Um balneário forte, experiente  e preparado é tudo o que Jesus precisa para passar a mensagem.

21.09.2017
M M