Carlos Pinto: «O que fizeram a Jesus foi um ato selvagem»

Técnico condena o que aconteceu na Academia do Sporting

• Foto: Nuno Gomes

R - A época terminou com agressões a jogadores e equipa técnica do Sporting. Como analisa o atual momento?.

CP –Estou triste. O futebol português está numa fase negativa, após termos sido campeões da Europa. Não encontro palavras para definir o que fizeram a Jorge Jesus, um senhor do futebol português, e aos profissionais do Sporting, que têm grande paixão pelo jogo. Não consigo qualificar. Foi um ato selvagem. A justiça tem de atuar com a maior firmeza. Comecei a ver futebol com o meu pai, aos três ou quatro anos. Não havia claques, mas havia paixão pelo jogo e respeito pelos jogadores.

R - Por que mudou?

CP – Hoje, com a situação das apostas, com jogadores e treinadores a venderem-se, o futebol está podre. Está como a nossa sociedade. Hoje confiamos, mas sempre desconfiando, porque existe muita maldade. Sinto nojo destas situações.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Entrevistas

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0