Fábio Paim: «Perdi tudo mas cá estou…»

Antigo jogador olha para o passado

• Foto: Ricardo Jr
"Sempre fui um miúdo feliz. Não preciso de muito. Se tiver as minhas coisinhas minimamente organizadas, estou bem." A revelação é desarmante. Mais ainda quando nos confessa a "vergonha de falar com os amigos" que cresceram com ele: "Vocês sabem o que passei e ao ponto a que cheguei... Então tinha vergonha de falar com eles porque achava que podiam pensar que me estava a aproximar por interesse. Sei que é uma estupidez, mas pronto... Recentemente, estive com o Bruma, o Yannick, até com o Ronaldo. Quando me veem fazem ‘ganda’ festa!"

Pior só quando é contactado por quem passou pelo mesmo que ele mas não teve arte para dar a volta. "Tenho colegas que deixaram de jogar à bola, perderam tudo e não sabem o que fazer. Eu cá estou. Já perdi tudo há oito ou nove anos, mas cá continuo. Primeiro gozam comigo; agora ligam-me... Querem vender as casas e os carros e ligam a quem? Ao Paim! O dinheiro deixa de entrar, mas as contas continuam. E grandes! As minhas agora são pequeninas, tive de me adaptar", salienta.
Por António Adão Farias
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Especial

Notícias

Notícias Mais Vistas