Fábio Paim: Do Sporting à Premier League e passar pelo... 'Love on Top'

O filme de uma carreira que não foi aquilo que se esperava

Fábio Paim brilhou nas camadas jovens do Sporting, mas nunca jogou na equipa principal. Tido como uma das maiores pérolas da Academia, ganhava mais aos 16 anos que metade da equipa profissional dos leões. O dinheiro foi a sua perdição e quem pagou foi a carreira. Em 2008/09, depois de empréstimos sucessivos a Olivais e Moscavide, Trofense e Paços de Ferreira, a ligação a Jorge Mendes levou-o ao Chelsea, onde nem a mão pesada de Scolari teve força para o endireitar.

Nunca jogou em Stamford Bridge, nem tão-pouco na Premier League, seguindo dali para o Real Sport Club. Livre da alçada do leão, assinou pelo Torreense, passou por Angola (1º Agosto e Benfica Luanda), voltou para jogar no Futebol Benfica, partiu para o Qatar (Al Kharaitiyat), regressou pela mão da AD Oliveirense, rumou à China (Shenzhen FC), saltitou por Malta (Mosta FC), Lituânia (Nevezis) e Luxemburgo (Union 05), tornou a Portugal "para jogar à borla no Sintra Football", mas não resistiu e abandonou para ingressar… num reality show da TVI. Do ‘Love on Top’ foi para o Brasil onde nunca chegou a jogar pelo Paraíba do Sul. Dali veio para a equipa do Leixões B, no início desta época, antes de decidir pendurar as botas e dar primazia à sua nova vida: o ‘Projeto Fábio Paim’.

"Escrevi-lhe uma mensagem pelo Facebook a explicar-lhe o que pretendíamos", conta-nos Bruno Neiva, já depois de José Oliveira ter dito a Record que "o projeto estava pensado há um par de anos, mas faltava que o Fábio tivesse finalmente condições para o integrar". Paim só precisou de fintar a desconfiança: "Não é por mal, mas de início pensei que eram só mais dois que se queriam aproveitar de mim. Graças a Deus são como uma família para mim!"
Por António Adão Farias
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Especial

Notícias

Notícias Mais Vistas