Filipe Marques: «Ficou fácil conciliar triatlo com faculdade»

Apoio dado pelas bolsas dos Jogos Santa Casa ajuda

RECORD - Concilia atualmente a carreira no triatlo com a vertente académica?

FILIPE MARQUES – Sim. Atualmente, estou a tirar um curso superior e tenho conseguido conciliar bem os dois aspetos, também graças ao apoio dado pelas bolsas dos Jogos Santa Casa, pois ajuda no que diz respeito ao pagamento de propinas e em outras matérias. Com o passar dos anos, foi ficando mais fácil conciliar a faculdade com o triatlo. Treino no Jamor e estudo também numa zona próxima, por isso acaba por ser facilitado.

R - Acha que existem cada vez mais apoios por parte das faculdades para com os atletas-estudantes?

FM – Sem dúvida! Com o estatuto de alto rendimento, posso ter um horário melhor, fazer as cadeiras com alguma flexibilidade e os professores têm a consciência de que nós temos de treinar. Logo, não nos sobrecarregam com trabalhos e em relação aos horários.

R - Quais são os seus objetivos na carreira e em especial para o ano que se avizinha?

FM – Neste momento, pela minha cabeça passa o objetivo de chegar aos próximos Jogos, mas também existem os Campeonatos do Mundo a cada ano e mesmo o Europeu, que tem tido lugar no Funchal nos últimos dois anos e são sempre provas que me motivam bastante e nas quais tento chegar às medalhas...

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Fazemos campeões

Teodoro Cândido: «Na cadeira esqueço tudo»

Aos 66 anos, Teodoro não se cansa. Descobriu o desporto adaptado no sofá durante “a vida de reformado”. Depois disso nunca mais parou: andebol, basquetebol, ténis de mesa, vela... e não quer ficar por aqui

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.