Hélio Lucas: «Não são os últimos Jogos do Fernando»

Treinador de Fernando Pimenta afirma que o atleta olímpico ainda tem uns anos pela frente

RECORD - Como é que está a correr a preparação para os Jogos?

HL – Está a correr bem, dentro dos nosso meios. Por vezes temos de vir para fora para procurar companheiro de treino para que ele possa ter alguém porque treinar sempre sozinho torna-se desgastante porque não tem um rival para o ajudar a evoluir. Mas há muita gente que quer ir treinar connosco. Já treinámos uma equipa de Espanha, alemães, agora chegou um eslovaco. Há muita gente que gosta de trabalhar connosco.

+ Vão ser os últimos jogos do Fernando Pimenta?

HL – Penso que não. Espero que estes corram bem e que ele possa fazer os Jogos Olímpicos de Paris. Há campeões olímpicos que competiram com 36 e 37 anos. Como é uma disciplina de resistência pode levá-lo a fazer mais uns anos. O mais importante é ter saúde e estar motivado.

+ Quantas vezes é que ele treina durante a preparação para provas deste tipo?

HL – Trabalha de manhã e à tarde, a não ser duas vezes por semana em que tem a tarde livre. Normalmente faz entre três a quatro treinos por dia. Estaremos a falar de umas 18 sessões de treino. Vai à água, faz corrida, depois faz água e depois ginásio. É um treino diversificado. Nas semanas que antecedem a competição é um volume mais pequeno e mais para recuperar. São um ou dois treinos por dia.

+ Em 2018, o Fernando Pimenta assinou pelo Benfica. Qual foi o motivo?

HL – Não há nenhum motivo. O Benfica há muitos anos que tentava que o Fernando lá estivesse, mas sempre respeitaram o facto de ele estar em Ponte de Lima. Sempre souberam esperar e depois do Campeonato do Mundo de 2017 houve outros contactos. O Benfica dá-lhe outras condições. Foi uma coisa acordada entre o Pimenta, o Benfica e o Clube Náutico de Ponte de Lima.

+ Ele pediu-lhe conselhos?

HL – Sim, sempre falámos.

+ O Hélio ficou triste por ter saído do clube da sua terra?

HL – É lógico que no início foi um bocadinho estranho. Ainda me recordo da primeira vez que ele vestiu a camisola [do Benfica] e ficou assim a olhar para mim [risos]. Mas ele mantém-se fiel à equipa. A namorada faz parte do clube de Ponte de Lima e o pai é dirigente. O Benfica dá-lhe uma grande ajuda e trata de que não lhe falte nada na preparação e compensa o que a federação não pode dar. Ele disse que foi uma decisão muito difícil para ele, mas já passou.

+ Em 2018, Teresa Portela e Joana Vasconcelos sagraram-se campeãs da Europa, em Belgrado, em K2 200 metros. Um feito histórico.

HL – Foi um excelente resultado. Nós tínhamos expectativas altas, depois de terem feito um bom Campeonato do Mundo. Agora é o ano dos Jogos Olímpicos. A Teresa já se apurou para o K1 200 metros e a Joana vai tentar. Nos Jogos vamos ver... São duas atletas excecionais, exemplares e merecem o que têm conquistado. Penso que ainda têm muito para dar à canoagem portuguesa.

+ O Centro de Alto de Rendimento, em Montemor-o-Velho, foi muito afetado pelas cheias. Triste pelo que aconteceu?

HL – Eu já tinha sentido isso. Posso-lhe dizer que vivemos aquelas cheias em Ponte Lima umas 13 vezes. A água entrava nos hangares e destruía quase tudo. Sei muito bem o que eles passaram. Passávamos dias a limpar e às vezes limpávamos e a água voltava a entrar. Agora há que ter as instalações a funcionar e melhorar alguns problemas que o Centro de Alto Rendimento sempre teve, nomeadamente o ginásio e os balneários.

Por Rafael Godinho
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Fazemos campeões

Teodoro Cândido: «Na cadeira esqueço tudo»

Aos 66 anos, Teodoro não se cansa. Descobriu o desporto adaptado no sofá durante “a vida de reformado”. Depois disso nunca mais parou: andebol, basquetebol, ténis de mesa, vela... e não quer ficar por aqui

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.