Lisboa pode garantir estafeta em Tóquio

Prova de qualificação olímpica decorre entre sexta-feira e domingo

Vasco Vilaça tem sido destaque
Vasco Vilaça tem sido destaque • Foto: Direitos Reservados

Entre os próximos dias 21 e 23 decorrerá em Lisboa, Marvila, a Prova de Qualificação Olímpica de estafeta mista. As atenções estarão voltadas para a vaga olímpica que os portugueses ainda podem agarrar (no feminino), consagrando-se, caso se confirme, a primeira vez que Portugal leva quatro atletas (dois masculinos e dois femininos) aos Jogos Olímpicos, para participarem nas provas individuais e na estefeta mista.

Além de Helena Carvalho, a equipa de estafeta mista será composta por Melanie Santos e, a decidir, entre João Silva, João Pereira e Vasco Vilaça.

Este será um dos principais eventos internacionais de triatlo de 2021 e ainda, destaque, o evento de maior nível desportivo já organizado em Portugal, já que contará com a presença de oito medalhados olímpicos: cinco dos seis medalhados olímpicos no Rio, nove atletas do ‘top 10’ masculino do ranking de qualificação olímpica e ainda oito atletas do ‘top 10’ do mesmo ranking.

Já arrancou no Japão

Antes de assaltarem a vaga em Lisboa para os Jogos Olímpicos, Helena Carvalho e Vasco Vilaça já foram ao Japão, que recebe a primeira competição do circuito mundial. A triatleta de 25 anos, alcançou a 36ª posição; já o português foi 19º. 

O exemplo de Vanessa

O currículo fala por si e faz de Vanessa Fernandes um dos nomes que elevaram o triatlo português a outro patamar.

A triatleta, natural de Vila Nova de Gaia, sagrou-se campeã do Mundo em 2007 e conquistou a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Pequim, no ano seguinte. É ainda a recordista de vitórias em provas da Taça do Mundo, sendo que alcançou a primeira em 2003 e a última em 2008, ambas na capital espanhola, Madrid.

E Vanessa é outro caso de uma triatleta que começou o seu percurso neste desporto com a natação, optando mais tarde pelo duatlo. De lá para cá, foi fustigada por lesões e, entre uma das pausas que foi obrigada a fazer, decidiu dedicar-se exclusivamente à corrida.

Voltou atrás com a decisão e está de regresso ao triatlo, ainda que não tenha competido nos últimos tempos. 

Por Rita Pedroso
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fazemos campeões

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.