Portugal conquistou medalhas no Europeu de trampolins em Sochi

Seleção Nacional de trampolim sénior alcançou o segundo lugar na competição

Diogo Ganchinho  conquistou amedalha de prata no trampolim sénior ao lado de Diogo Abreu, Lucas Santos e Pedro Ferreira
Diogo Ganchinho conquistou amedalha de prata no trampolim sénior ao lado de Diogo Abreu, Lucas Santos e Pedro Ferreira • Foto: Miguel Barreira

Portugal conseguiu aumentar o seu número de medalhas no que diz respeito à ginástica. Nos Campeonatos da Europa de trampolins, que decorrem desde quinta-feira até hoje em Sochi, na Rússia, a comitiva portuguesa registou bons resultados, que se traduziram em vários galardões.

Desde logo, a Seleção Nacional de trampolim sénior alcançou o segundo lugar na competição. A formação constituída por Diogo Abreu, Diogo Ganchinho, Lucas Santos e Pedro Ferreira somou 175.470 pontos na final, ficando apenas atrás da equipa da Bielorrússia (183.805) e à frente de França, 3ª classificada. Já na categoria de duplo-minitrampolim masculino, a Seleção nacional conquistou também a medalha de prata, através de Diogo Cabral, João Caeiro, Luís Afonso e Tiago Romão. No tumbling masculino sénior, o quarteto formado por André Palma, Diogo Vilela, João Saraiva e Vasco Peso alcançou a medalha de bronze.

Em juniores, a equipa constituída por Gabriel Albuquerque, Gonçalo Alves, Sérgio Aniceto e Bruno Catarino assegurou a medalha de prata logo no primeiro dia da competição. O Europeu chega hoje ao fim e Portugal conta com a dupla Diana Silva e Rita Vieira a disputar a final de duplo-minitrampolim.

Evolução lenta de federados

A ginástica em Portugal acaba por sofrer um duro revés em relação ao número de praticantes. Com uma perda de cerca de 45% dos federados, a modalidade não consegue assim a curto prazo alcançar um dos seus objetivos, que passaria por atrair mais praticantes.

Se olharmos aos dados dos anos recentes, vemos que a ginástica nem se posiciona como uma das modalidades com mais federados em Portugal e que foi tendo uma evolução lenta. Segundo a ‘Pordata’, estiveram registados 19.866 federados na ginástica em 2018, mais 1.554 do que em 2017. O maior aumento na última década ocorreu entre 2016 e 2017, quando passou de 16.259 para 18.312 praticantes. Noutra perspetiva, um estudo de 2020 da União Europeia revelou que a ginástica é a federação com maior percentagem de mulheres federadas (87%) em Portugal. 

Por Filipe Balreira
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fazemos campeões

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.