Argentina em quarentena obrigatória devido ao coronavírus

Governo decretou medida para travar propagação da COVID-19

• Foto: Getty Images

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, decretou quarentena em todo o país para combater a epedemia de Covid-19. O país tomou esta decisão 16 dias depois de ter o primeiro caso confirmado. Agora, são 79 os infetados, havendo já três mortes. A medida entra em vigor à meia-noite locais e dura até pelo menos 31 de março.

As medidas são semelhantes às aplicadas na Europa: só são permitidas saídas para comprar comida, medicamentos, levantar dinheiro perto de casa, ir ao médico ou ajudar um familiar doente. Todas as outras saídas terão que ter autorização das autoridades sanitárias. Bares, restaurantes, cinemas e teatros estão fechados.

A pandemia do novo coronavírus já provocou 8.784 mortos em mais de 209.000 casos de infeção registados em 150 países e territórios desde o início da epidemia, segundo os dados recolhidos até às 18h30 de hoje.

Autor: Sábado

Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Coronavírus

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.