Argentino com coronavírus fugiu de hospital e colocou 400 pessoas em quarentena

Jovem de 21 anos foi observado em Montevideu e deixou unidade sem autorização

Numa altura em que todo o cuidado é pouco por causa da propagação do coronavírus, continuamos a conhecer exemplos de total falta de responsabilidade um pouco por todo o Mundo. Depois das imagens de ontem vindas de Valência, onde centenas de pessoas decidiram deixar a cidade em plena quarentena - provocaram mesmo um engarrafamento -, agora da América do Sul chega-nos a notícia que dá conta de um jovem de 21 anos, que decidiu fugir do hospital onde tinha sido observado por ter sintomas de COVID-19, e obrigou a colocar mais de 400 pessoas em quarentena.

O 'filme' começou no início da semana, quando este jovem de 21 anos chegou ao Uruguai proveniente da Holanda. Por sentir sintomas do novo coronavírus, decidiu tomar uma atividade responsável e rumar a um hospital de Montevideu para fazer os exames necessários. O problema foi que, ao invés de esperar pelos mesmos, decidiu ir à sua vida sem ter autorização, rumando à zona do porto de Montevideu para apanhar o ferry boat rumo a Buenos Aires.

Já a bordo, e com mais de 400 pessoas consigo, foi notificado pelo hospital que estava efetivamente infetado, algo que o levou de pronto a notificar o capitão da situação. O problema éfoi que o erro principal já estava feito e com a sua impaciência acabou por fazer com que todos os que estavam no mesmo barco ficassem retidos durante mais de três horas antes de serem transportados para espaços onde irão ficar em isolamento. 

De notar que o jovem em questão foi de imediato alvo da atenção das autoridades, sendo que todo o serviço do ferry boat foi suspenso de forma temporária.

Por Fábio Lima
1
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Coronavírus

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.