Coronavírus: Autoridades argentinas já detiveram quase dez mil pessoas

Quarentena obrigatória está a ser desrespeitada por uma parte da população

• Foto: Getty Images

Na Argentina, já há quase dez mil pessoas detidas por terem desrespeitado a ordem de isolamento desde 20 de março, data em que a quarentena obrigatória foi decretada no país devido à propagação da Covid-19.

Segundo as autoridades, citadas pelo jornal 'Olé, foram controladas 373.824 pessoas, sendo que 9.960 acabaram mesmo por receber ordem de detenção, numa altura em que há 745 casos confirmados e 19 mortos no país.

A tendência é, de resto, para que haja uma maior atenção no que toca a este parâmetro. O secretário para a Segurança e Política Criminal, Eduardo Villalba, avisou que os controlos serão mais "rigorosos e inflexíveis, com aquele que não entendem que é um momento de isolamento pela saúde de todos os argentinos."

Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Coronavírus

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0