Coronavírus: Reino Unido com mais 717 óbitos e 4342 caos nas últimas 24 horas

No total, o país regista 11.329 mortos e 88.621 infetados pelo novo coronavírus

londres coronavirus
londres coronavirus

O número de mortes no Reino Unido devido à pandemia de covid-19 aumentou para 11.329, com mais 717 óbitos nas últimas 24 horas, indicou, esta segunda-feira, o ministério da saúde britânico. 

O número total de casos de contágio é agora de 88.621, mais 4.342 do que no dia anterior, acrescentou.  

No domingo, tinha sido registado 737 mortes e 5.288 novos casos de pessoas infetadas.

Os números das mortes referem-se apenas a pacientes diagnosticados com covid-19 que morreram no hospital até às 17:00 horas da véspera e são compilados a partir de dados das direções regionais de Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte. 

O número de pessoas infetadas é contabilizado de forma diferente e inclui os diagnósticos feitos até às 9:00 horas de hoje. 

A atualização dos dados foi feita um dia após a saída do primeiro-ministro, Boris Johnson, do hospital St. Thomas, em Londres, onde esteve internado durante uma semana devido a um agravamento dos sintomas, tendo sido necessária a administração de oxigénio. 

Hoje, o porta-voz de Johnson, James Slack, confirmou que o chefe do executivo vai continuar a convalescença na residência de campo de Chequers Court, a 70 quilómetros de Londres, e que o ministro dos Negócios Estrangeiros, Dominic Raab, continua a substitui-lo na chefia do executivo. 

O governo terá de tomar uma decisão até quinta-feira sobre o eventual prolongamento do regime de confinamento do país, o qual vários ministros e assessores médicos e científicos deixaram entender nos últimos dias que deverá acontecer. 

Entretanto, hoje o ministro das Finanças, Rishi Sunak, anunciou um reforço de 16 mil milhões de libras (16 mil milhões de euros) no financiamento dos serviços públicos para enfrentarem a pandemia covid-19.

O ministério da Defesa, por seu turno, colocou 200 militares junto dos serviços de emergência para assumir funções, desde a condução de ambulâncias a responder a chamadas telefónicas e ajudar pessoal médico. 

Por Sábado
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Coronavírus

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.