Depois da mãe e do irmão, pugilista Angelo Rottoli também perde a vida devido ao coronavírus

Antigo campeão europeu faleceu aos 61 anos

Uma família apanhada pelo infortúnio depois de décadas de glória. A Covid-19 mostrou-se implacável para os Rottoli. Depois de já ter passado pela angústia de perder a mãe e o irmão, Angelo Rottoli, campeoníssimo no boxe, também não resistiu à doença. Tinha 61 anos.

Angelo Rottoli é uma lenda na região de Bergamo, em Itália, onde nasceu e onde é considerado o expoente máximo do boxe. Sempre em peso-médio, foi campeão europeu e intercontinental em 1987 numa carreira recheada de títulos que tinha terminado em 1990.

Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Coronavírus

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0