Emigrantes de Chaves condenados a multas de 6 mil euros por furarem quarentena

Os quatro homens, que trabalham na Bélgica, foram detidos pela PSP de Chaves.

Os quatro emigrantes naturais de Ribeira de Pena que ontem foram detidos na reta do Raio X, em Chaves, foram esta manhã presentes a Juiz para primeiro interrogatório para conhecerem a medida de coação aplicada.

Recorde-se a quando da sua chegada a Portugal os emigrante de Ribeira de Pena ficaram referenciados e avisados que teriam de ficar confinados à sua residência em Ribeira de Pena, respeitando a quarentena, de 14 dias, obrigatória para todos os que entram no país, mas estes, dois patrões e dois empregados, não cumpriram e a PSP de Chaves, por desobediência, detiveram-nos e esta manhã viram ser-lhes aplicada a pena de 120 dia de cadeia convertida em muita.

Os dois que são entidade patronal, para além das custas processuais, vão pagar, cada um, 6 mil euros e os outros dois, que são funcionários dos primeiros, condenados a pagar 1800€ cada um, mais as custa dos processos.

Por Paulo Silva Reis
5
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Coronavírus

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.