Médicos já conhecem os critérios para decidir quem salvam em caso de rutura do SNS

Ordem dos Médicos já tem um parecer por parte do Conselho de Ética e Deontologia Médicas

A Ordem dos Médicos já tem um parecer, por parte do Conselho de Ética e Deontologia Médicas, sobre as decisões que os clínicos terão de tomar, à semelhança do que já acontece em Espanha e em Itália, em caso de rutura do Sistema Nacional de Saúde, avança o Correio da Manhã

Na prática, os médicos poderão vir a ser confrontados, até maio - período previsto esta sexta-feira pela Direção-Geral da Saúde para o pico da pandemia -, com a possibilidade de terem de optar, perante uma eventual falta de camas, sobre quais os doentes a internar nos cuidados intensivos.

1
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Coronavírus

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.