Governo impõe recolher obrigatório e apresenta novas restrições devido à Covid-19

Concelhos com risco Elevado e Muito Elevado com circulação limitada a partir de 23 horas

Novas medidas
Os municípios que, devido ao número de casos covid, estão classificadas como sendo de risco elevado ou muito elevado, passam a ter uma limitação de circulação na via pública a partir das 23:00, anunciou esta quinta-feira a ministra de Estado e da Presidência.

A medida não tem qualquer exceção, nomeadamente para pessoas testadas ou com certificados de vacinação. Esta "é uma medida de procura de redução de ajuntamentos", esclareceu a ministra. "Vemos uma prevalência muito significativa nas idades mais jovens e há muitos casos relacionados com festas e ajuntamentos e é uma tentativa de redução dos casos relacionados com essa realidade". 

As 23 horas foram definidas tendo em conta os horários do encerramento de estabelecimentos e atividades em geral nos concelhos em causa, que deve ocorrer às 22 horas.

"A nossa perspectiva é que temos condições para tomar esta medida", garantiu Mariana Vieira da Silva, quando questionada sobre se este recolher obrigatório está dentro das medidas a que o Governo pode lançar mão, tendo em conta que o país já não se encontra em Estado de emergência.

Para a área metropolitana de Lisboa mantêm-se todas as regras previstas até agora, incluindo as que respeitam à proibição de circulação de e para fora aos fins-de-semana, a menos que as pessoas em causa tenham certificado de vacinação.

Concelhos em risco muito elevado:

Albufeira
Almada
Amadora
Barreiro
Cascais
Constância
Lisboa
Loulé
Loures
Mafra
Mira
Moita
Odivelas
Oeiras
Olhão
Seixal
Sesimbra
Sintra
Sobral de Monte Agraço

Concelhos em risco elevado:

Alcochete
Alenquer
Arruda dos Vinhos
Avis
Braga
Castelo de Vide
Faro
Grândola
Lagoa
Lagos
Montijo
Odemira
Palmela
Paredes de Coura
Portimão
Porto
Rio Maior
Santarém
São Brás de Alportel
Sardoal
Setúbal
Silves
Sines
Sousel
Torres Vedras
Vila Franca de Xira
5
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Em Portugal

Notícias