Nike despede anti-vacinas

Notícia é avançada pelo portal 'OregonLive'

• Foto: Reuters
Multinacional de vestuário e calçado desportivo, a Nike começou a cumprir a promessa que havia feito no final do ano passado, ou seja, despedir os empregados que não estejam vacinados contra a Covid-19. A notícia é avançada pelo portal ‘OregonLive".

Ao que parece, a Nike tinha enviado um mail aos 14 mil funcionários que trabalham na sede da empresa, em Beaverton, Oregon, nos Estados Unidos, dando como limite o dia 15 de janeiro para provarem estarem vacinados. Os que não o fizessem, seriam despedidos, processo que já terá sido iniciado.
Por Record
14
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias