Adolescente que filmou a morte de George Floyd mudou de casa: «Estou com medo»

Advogado revela que a jovem está a ser acompanhada por um psicólogo

A adolescente que filmou a morte de George Floyd às mãos de um polícia branco na semana passada está a ser seguida por um psicólogo especializado em trauma.

A TMZ relata que a jovem sente que está a ser injustamente criticada desde que gravou com o telemóvel o ex-agente da polícia, Derek Chauvin, a imobilizar George Floyd com um joelho no pescoço numa rua em Minneapolis, causando-lhe a morte.

O advogado da jovem, Seth B. Cobin, disse que ela e a família tiveram de sair da sua residência, situada nas proximidades do local onde Floyd morreu. A imprensa tem tentado insistentemente chegar à fala com a jovem.

Num post no Facebook a adolescente que filmou a cena lamentou as críticas que tem estado a receber. "Faço-o pela fama? Pela atenção? O quê? Para ser paga? Vocês parecem burros e ignorantes! Não espero que ninguém que não estivesse na minha posição entenda como estou a sentir-me", escreveu.

A jovem adiantou ainda que é menor e que nunca teria sido capaz de lutar com um polícia, palavras que se presume sejam em resposta a quem diz que ela não fez nada para tentar salvar a vida de Floyd.

Garantiu estar "com medo". "Não não fosse por mim quatro polícias ainda estariam no seu emprego, a causar outros problemas. A polícia certamente teria abafado a história. Em vez de me criticarem, agradeçam-me."  

O advogado contou também que a jovem, além de ter mudado de casa, tenta manter a cabeça ocupada com os deveres escolares. 

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0