Advogado de Rui Pinto revela que hacker português é o denunciante do caso 'Luanda Leaks'

Informação é avançada pelo Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação

Rui Pinto
Rui Pinto
Rui Pinto
Rui Pinto
Rui Pinto
Rui Pinto

Rui Pinto, o pirata informático por detrás dos Football Leaks, é o denunciante e obreiro dos Luanda Leaks, investigação que lança suspeitas sobre a riqueza de Isabel dos Santos.

Em comunicado, os advogados de Rui Pinto, Teixeira da Mota e William Bourdon, referem que o seu cliente "assume a responsabilidade" de ter fornecido, no final de 2018, à Plataforma para a Protecção de Whistleblowers em África (PPLLAF) um "disco rígido" contendo todos os documentos com as recentes revelações sobre a fortuna de Isabel dos Santos.


Rui Pinto refere, através dos seus advogados, que entregou os dados relacionados com a fortuna de Isabel dos Santos como um "dever de cidadania" e "sem qualquer contrapartida" e diz-se "satisfeito" pelo trabalho do Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação, com a participação de 36 órgãos de comunicação social em 20 países.

De acordo com a investigação do consórcio, Isabel dos Santos terá montado um esquema de ocultação que lhe permitiu desviar mais de 100 milhões de dólares (90 milhões de euros) para uma empresa sediada no Dubai e que tinha como única acionista declarada Paula Oliveira, pessoa próxima de Isabel dos Santos.

A investigação revela ainda que, em menos de 24 horas, a conta da Sonangol no EuroBic Lisboa, banco de que Isabel dos Santos é a principal acionista, foi esvaziada e ficou com saldo negativo no dia seguinte à demissão da empresária da petrolífera angolana. O EuroBic já anunciou que a empresária vai abandonar a estrutura acionista. Na segunda-feira, o EuroBic decidiu terminar as relações comerciais com entidades e pessoas ligadas à empresária Isabel dos Santos.

Na passada quarta-feira, a Procuradoria-Geral da República angolana anunciou que Isabel dos Santos foi constituída arguida num processo em que é acusada de má gestão e desvio de fundos da companhia petrolífera estatal Sonangol e que visa também portugueses alegadamente facilitadores dos negócios da filha do ex-Presidente José Eduardo dos Santos.

Por Sábado
17
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.