Afinal, CTT estão a contratar... para substituição de férias

O anúncio acontece quando a empresa tem em aberto um processo de rescisão que englobará 1.000 trabalhadores até 2020

Os CTT estão a recrutar colaboradores "para substituição de férias", informa a empresa numa nota à imprensa.

"A abertura deste processo de contratações insere-se no compromisso dos CTT com a consistência da qualidade de serviço ao longo de todo o ano", explica a empresa liderada por Francisco Lacerda, pois vem "colmatar necessidades em todo o território nacional".

As contratações serão realizadas entre Maio e Novembro e estão em causa contractos entre os 3 e os 7 meses oferecidos em todos os centros de distribuição.

No passado mês de Dezembro, a operadora de correios nacional avançou o objectivo de cortar 800 empregos em três anos, no âmbito da redução de custos prevista no plano de restruturação. Na altura, já 140 trabalhadores haviam aderido ao processo de rescisões. 

Já este mês, os CTT assumiram que o plano de reestruturação iniciado no primeiro trimestre de 2018 "está a superar as projecções iniciais, tendo já contribuído positivamente para a estrutura da despesa". A empresa, liderada por Francisco de Lacerda, diz mesmo 85% das medidas do plano estão já a ser implementadas. 

Autor: Ana Batalha Oliveira/Negócios

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0