Antigo avançado peruano foi a festa durante a quarentena e acabou detido

Nolberto Solano é o atual treinador da seleção sub-23 do Peru

• Foto: Facebook

O antigo avançado peruano Nolberto Solano desrespeitou a quarentena obrigatória imposta pelo governo do Peru devido à pandemia do coronavírus e acabou detido na noite de quinta-feira na sua terra natal perto da capital Lima.

Atual treinador da seleção sub-23 daquele país, Solano foi surpreendido pela polícia na casa de um vizinho durante uma festa. Segundo a imprensa peruana as autoridades foram alertadas por moradores por queixas de música alta e, ao chegarem ao local, depararam-se com vários carros estacionados e um grupo de pessoas no interior da habitação, entre elas o antigo jogador que passou por clubes como Boca Juniors, Newcastle e Aston Villa e um outro ex-internacional peruano, Pablo Zegarra.

Abordado pelos agentes, Solano, que até estava com o filho ao colo, negou tratar-se de uma festa e garantiu que apenas tinha sido convidado para almoçar pelo vizinho.

"Havia cinco ou seis pessoas. Eu estava com o meus filho e estávamos a conversar. Entendo aquilo que foi dito, toda a proteção que existe neste momento e concordo com as medidas que foram tomadas, mas estão a dar demasiado ênfase ao que realmente aconteceu", explicou o antigo avançado a uma rádio local depois de ser libertado, mas não se livrou de uma multa por violar a proibição de isolamento social.









Por André Antunes Pereira
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0