António Guterres empossado como secretário-geral das Nações Unidas

Momento acompanhado por António Costa e Marcelo Rebelo de Sousa

• Foto: EPA

O antigo primeiro-ministro português António Guterres tornou-se hoje oficialmente o 9.º secretário-geral da ONU com um juramento sobre a Carta das Nações Unidas, numa cerimónia na assembleia-geral da organização.

"Eu, António Guterres, juro solenemente exercer com toda a lealdade, discernimento e confiança, as funções que me são confiadas", disse o novo secretário-geral das Nações Unidas, com a mão esquerda pousada sobre a Carta das Nações Unidas e a mão direita levantada.

No juramento, Guterres comprometeu-se ainda a regular a sua conduta apenas tendo em vista os "interesses das Nações Unidas" e "não procurar nem aceitar instruções de qualquer governo ou outra autoridade externa à organização".

O momento foi acompanhado na tribuna pelos presidentes de vários órgãos das Nações Unidas, pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, pelo primeiro-ministro, António Costa, e pelos diplomatas que representam os grupos regionais.

De seguida, António Guterres abraçou, de forma emocionada, o Presidente e, depois, o primeiro-ministro portugueses, e também o secretário-geral cessante, Ban Ki-moon.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.