Apertos de mão e conversa fiada? Empresários explicam como fazem negócios de milhões hoje

Quando a fasquia é alta, os negócios são feitos de uma maneira muito específica

Se pensa que é no Zoom que tudo se passa, está errado – quando a fasquia é alta, os negócios são feitos de uma maneira muito específica como conta a MUST.

O ano de 2020 será sempre recordado pela pandemia… e pelos clips do advogado do Texas que não conseguia perceber como desligar o filtro com a imagem de um ‘gatinho’ durante um processo judicial virtual, a decorrer no Zoom, e que sentiu necessidade de dizer ‘não sou um gato’, ou ainda pelo jornalista da New Yorker que foi despedido depois de ser apanhado num ato sexual (consigo próprio) durante uma reunião de colegas no Zoom a pensar que a sua câmara estava desligada.

Em janeiro de 2020, havia 659.000 utilizadores do Zoom no Reino Unido. Em abril, esse número tinha subido para 13 milhões. No final desse mesmo mês, a plataforma Google Meet estava a captar três novos milhões de utilizadores por dia. Desde que há memória, nunca antes tinha havido uma reviravolta desta amplitude na maneira como as pessoas vivem e trabalham. Leia o artigo na íntegra AQUI

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.