Apple já é uma "trillion-dollar baby"

"Trillion-dollar baby" – é assim mesmo que muitos meios especializados se referiam à empresa norte-americana que viesse a valer um bilião (1.000.000.000.000) de dólares em bolsa. A nível mundial, a PetroChina já lá tinha chegado, mas nos EUA nunca uma cotada tinha atingido esse valor de mercado.

Há já vários meses que se esperava que a Apple atingisse esse estatuto de "trillion-dollar baby" e esse dia chegou. Hoje, quinta-feira, 2 de Agosto.

Depois de na semana passada a Amazon ter superado os 900 mil milhões de capitalização bolsista, muitos analistas chegaram a colocar a possibilidade de a empresa de comércio electrónico chegar lá primeiro mas foi a tecnológica liderada por Tim Cook que conseguiu alcançar esse patamar mítico.

A cotada da maçã, sediada em Cupertino, na Califórnia, segue a somar 2,44% para 206,41 dólares na sessão desta quinta-feira, mas já esteve a valer 207,05 dólares.

Em Novembro passado, bastava a Apple chegar aos 197 dólares por acção para valer um bilião de dólares. Mas entretanto, com a recompra de acções [equivalente a 20 mil milhões de dólares], essa fasquia estava agora dependente de a empresa valer 206,49 dólares, o que aconteceu hoje.

A Apple, que viu nascer o dia na garagem do seu co-fundador Steve Jobs em 1976, elevou as suas receitas para valores acima do PIB de Portugal, da Nova Zelândia e de outros países, destaca a Reuters.

E agora o seu valor de mercado supera a capitalização bolsista agregada da Exxon Mobil, Procter & Gamble e AT&T. 

Com esta dimensão, a tecnológica representa neste momento 4% do índice Standard & Poor’s 500.

Autor: Negócios

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0