Assassinada sobrinha do presidente da UEFA

Familiar de Ángel María Villar tinha sido raptada no México

• Foto: EPA

Uma sobrinha de Ángel María Villar, presidente interino da UEFA e líder da Federação Espanhola de Futebol, foi assassinada no México após ter sido raptada, pese embora tenha sido pago um resgate.

A confirmação da notícia surgiu na rádio espanhola Onda Cero através de García-Margallo, ministro dos Negócios Estrangeiros espanhol.

"A jovem que apareceu morta em Toluca é a sobrinha de Ángel María Villar. Ainda não consegui falar com ele. Tinha sido pago um resgate, ainda que inferior ao que os sequestradores pediram, e acreditávamos que ia escapar sã e salva, mas infelizmente não foi assim", explicou o ministro.

Por Luís Miroto Simões
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0