Atividade económica regista menor crescimento desde outubro de 2016

O indicador de actividade económica registou uma travagem em Março

• Foto: Miguel Baltazar/Negócios
O indicador coincidente de actividade económica cresceu, em Março, 1,8%, revelou esta sexta-feira, 20 de Abril, o Banco de Portugal. Este é o ritmo mais lento do crescimento da actividade económica desde Outubro de 2016 e representa o sétimo mês consecutivo de abrandamento. 

Este desempenho está em linha com o esperado, já que se prevê que o crescimento da economia abrande este ano. As previsões do Governo também apontam para um abrandamento da economia este ano. As novas previsões, incluídas no programa de estabilidade apontam para que o PIB nacional cresça 2,3% este ano. Em 2017, a economia nacional cresceu 2,7%, o que representou a maior expansão desde 2000.

Também o indicador coincidente do consumo privado aumentou 1,9%, o que representa o quarto mês consecutivo de abrandamento. Além disso, corresponde ao ritmo mais brando desde Novembro de 2016, segundo a mesma fonte.

Autor: Sara Antunes/Negócios


Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Fora de Campo

Notícias