Autarca de Bruxelas pede à população para ficar em casa durante cimeira da NATO

Por motivos de segurança

• Foto: Reuters

O responsável municipal do distrito bruxelense de Schaerbeek pediu esta terça-feira aos seus habitantes, onde se incluem membros da comunidade turca na Bélgica, para "permanecerem tranquilamente" nas suas casas durante a cimeira dos líderes da NATO de quinta-feira.

A Turquia é membro da NATO e o seu Presidente, Recep Tayyip Erdogan, é esperado na reunião de chefes de Estado e de governo da Aliança.

O diário Le Soir recordou que o presidente da câmara de Bruxelas, Yvan Mayeur, indicou há dez dias que iria proibir "por evidentes motivos de segurança" qualquer concentração de apoio a Erdogan frente ao hotel onde ficará alojado o líder turco.

Os responsáveis de diversos distritos da capital belga que albergam uma importante população turca reuniram-se para avaliar a situação antes da cimeira da NATO, marcada para 24 e 25 de maio.

A reunião dos líderes da Aliança foi convocada para dar as "boas-vindas" ao Presidente dos EUA, Donald Trump, e abordar diversos temas prementes, incluindo o aumento nas despesas militares pelos europeus e o Canadá e o reforço da participação da NATO no combate ao grupo 'jihadista' Estado Islâmico.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.