Autópsia revela que George Floyd testou positivo para coronavírus em abril

Relatório de 20 páginas divulgado pelo Departamento de Medicina Legal do condado de Hennepin

George Floyd
George Floyd

Uma autópsia completa a George Floyd, morto às mãos da polícia dos EUA, foi divulgada esta quarta-feira e fornece novos detalhes, entre eles que o afro-americano testou positivo à covid-19 em abril.

O relatório de 20 páginas divulgado pelo Departamento de Medicina Legal do condado de Hennepin foi divulgado com a permissão da família e depois do médico legista ter divulgado conclusões sumárias na segunda-feira, concluindo que Floyd teve um ataque cardíaco ao ser imobilizado pela polícia e classificando a sua morte a 25 de maio de homicídio.

O relatório revelou que Floyd testou positivo para a covid-19 a 3 de abril, mas que parecia assintomático. No relatório também se observa que os pulmões de Floyd pareciam saudáveis, mas apresentava um estreitamento das artérias no coração.

2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0