Boris Johnson quer suceder a Theresa May como líder do Partido Conservador

Antigo ministro dos Negócios Estrangeiros do Reino Unido anunciou que irá concorrer a eleições no partido quando a primeira-ministra anunciar a sua retirada

• Foto: Reuters

O antigo ministro dos Negócios Estrangeiros do Reino Unido, Boris Johnson, anunciou esta quinta-feira que irá concorrer a eleições no Partido Conservador quando a primeira-ministra britânica, Theresa May, demitir-se do cargo de líder do partido, avança a BBC.

May havia comunicado que iria sair do partido antes da próxima fase de negociações do Brexit para a saída do Reino Unido da União Europeia mas ainda não comunicou a data da sua saída.

"Claro que vou concorrer", terá dito Boris Johnson à Associação Britânica dos Mediadores de Seguros, de acordo com a BBC. O antigo ministro e defensor acérrimo da saída da UE largou as suas funções em julho do ano passado, em protesto quanto a gestão das negociações por parte de May.

De acordo com as casas de apostas, Johnson é o principal candidato a substituir May e tem cerca de 28% de hipóteses de ser o próximo primeiro-ministro.

Autor: Sábado

Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.