Brexit: António Costa reitera importância do Reino Unido na UE

Convicto da permanência

• Foto: Lusa

O primeiro-ministro, António Costa, voltou esta segunda-feira a defender a permanência do Reino Unido na União Europeia (UE) e disse-se convicto de que, independentemente do resultado do referendo, se vai manter a relação estreita com Portugal e a Europa.

Costa, que falava em Lisboa numa conferência de imprensa conjunta com o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, começou por destacar que Portugal e o Reino Unido "têm a mais antiga relação diplomática do mundo" pelo que, aconteça o que acontecer, essa relação "existirá sempre".

O primeiro-ministro destacou os "contributos muito importantes" do Reino Unido para a UE, referindo designadamente o reforço da capacidade de ação externa, as políticas de abertura ao mercado interno ou de simplificação administrativa, que justificam que Portugal queira que o Reino Unido permaneça na UE.

"Queremos que o Reino Unido fique entre nós. Queremos uma União Europeia com o Reino Unido", disse.

Sublinhando "respeitar a decisão soberana" do povo britânico, António Costa manifestou-se contudo convicto de que, qualquer que seja o resultado do referendo britânico de quinta-feira, "a Europa e o Reino Unido terão de estar sempre juntos, qualquer que seja a forma".

Se o resultado não for o que espera, acrescentou, "a Europa saberá encontrar novas formas de continuarmos a viver e a desenvolvermo-nos em conjunto".


Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.