Cabify deixa de operar em Portugal na próxima semana

As dificuldades em recrutar motoristas e em afirmar-se no mercado português levaram a este desfecho

A Cabify anunciou que vai deixar as suas operações em Lisboa e no Porto no dia 30 novembro, pelo que no mês de dezembro deixará de transportar passageiros em Portugal.

"Assumimos, desde sempre, um firme compromisso em criar um forte impacto positivo nas cidades onde estamos presentes, tendo em vista um modelo de negócio com rentabilidade económica. Neste caso, como resultado de um constante processo de análise das cidades em que operamos, tomámos a decisão estratégica de deixar de ter o nosso serviço operativo em Lisboa e Porto", pode ler-se no comunicado da empresa.

A plataforma acrescenta, porém, que "não deixará de estar atenta às necessidades futuras destes mercados no que concerne à multimodalidade dos transportes urbanos".

Nos últimos meses, a empresa tem sentido dificuldades em atrair motoristas para a plataforma, o que levou a tempos de espera para os clientes aumentassem devido à escassa oferta.

Este problema a juntar à elevada concorrência de um mercado dominado pela Uber, e com forte rivalidade da Bolt ou da Kapten, a Cabify decidiu fazer uma pausa no negócio em Portugal. Tal não significa, contudo, que a empresa abandone de vez o país.  

Apesar da saída temporária de Portugal, a empresa continua a operar em 12 países em todo o mundo. 

Por Negócios
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.