Carlos Alexandre suspende temporariamente processo Hells Angels

Juiz decidiu adiar as sessões marcadas devido a uma alegada falha no sistema eletrónico que é utilizado nos tribunais

O juiz Carlos Alexandre, que tem em mãos a instrução do processo Hells Angels, decidiu adiar por tempo indeterminado todas as sessões que estavam marcadas por falhas do sistema eletrónico Webex que é utilizado nos tribunais. 

O juiz aguarda pelas medidas que serão aprovadas no Parlamento sobre os prazos judiciais para voltar a marcar as diligências que restam, segundo a SIC Notícias.

O debate instrutório estava marcado para os dias 11, 12, 14 e 18 de maio.

O processo Hells Angels tem 89 arguidos, um deles em prisão preventiva, e 36 advogados que defendiam a utilização de meios virtuais de comunicação como o Webex Meetings, agora autorizado pelo juiz.

O Ministério Público sustenta que os 89 arguidos do grupo 'motard' Hells Angeles elaboraram um plano para aniquilar um grupo rival, em março de 2018, com recurso à força física e a várias armas para lhes causar graves ferimentos, "se necessário até a morte", incluindo Mário Machado (líder do movimento de extrema-direita Nova Ordem Social).

Os arguidos estão acusados de associação criminosa, tentativa de homicídio qualificado agravado pelo uso de arma, ofensa à integridade física, extorsão, roubo, tráfico de droga e detenção de armas e munições entre outros crimes.

Por Sábado
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0