Caso BPP: João Rendeiro, ex-presidente do banco, condenado a 5 anos e 8 meses de prisão

Administrador Paulo Guichard foi condenado a 4 anos e 8 meses. Em causa crime de burla qualificada

João Rendeiro
João Rendeiro

João Rendeiro, ex-presidente e fundador do BPP, foi condenado pelo tribunal da Relação de Lisboa a uma pena de prisão por um crime de burla qualificada no caso BPP, avança a SIC Notícias.

O ex-presidente do BPP foi condenado a 5 anos e 8 meses de prisão enquanto Paulo Guichard, ex-administrador do banco, foi condenado a 4 anos e 8 meses de prisão.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.