Casos de coronavírus detetados na Austrália e Malásia

Número de mortos chegou aos 41, na China. Na Europa, registam-se três casos em França.

A Austrália confirmou os primeiros quatro casos de coronavírus de Wuhan no país em duas diferentes cidades. São esperados mais casos, visto que a Austrália é um destino popular entre os turistas chineses.

Três homens, de 53, 43 e 35 anos encontravam-se estáveis num hospital de Sydney, depois de lhes ter sido confirmado o contágio do vírus este sábado. Voltaram da China no início do mês.

Dois dos homens vieram da cidade de Wuhan, e o terceiro, de Shenzhen.

Um homem na casa dos 50 anos, que esteve na cidade de Wuhan, também se encontra estável num hospital de Melbourne.

Saiba o que é o coronavírus e quais são os sintomas

Como começou? Terá começado num mercado de peixe de Wuhan, na China. Mas a fonte de transmissão não foram os peixes mas os animais vivos que também existem neste mercado, como aves ou um animal chamado civeta. "Todos os casos confirmados têm uma ligação epidemiológica ao mercado", explica o pneumologista.


Três casos na Malásia
A Malásia também confirmou a existência de três casos de infeção de coronavírus. As três pessoas são de nacionalidade chinesa e são parentes do homem de 66 anos cuja infeção foi confirmada pelas autoridades de saúde de Singapura.

As três pessoas infetadas são a mulher do homem e os seus netos, de 11 e dois anos. Todos se encontram estáveis.

Número de mortos chega aos 41 na China
O coronavírus que foi primeiramente detetado em Wuhan já matou 41 pessoas na China e infetou 1.300 pessoas em todo o mundo.

Foram encontrados casos de infeção na Tailândia, Austrália, Singapura, Malásia, França, Japão, Taiwan, Vietname, Coreia do Sul, EUA e Nepal. 

Por Sábado
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.