Catroga diz que há "lobby organizado" a fazer "campanha negativa" contra a EDP

Alega que "certos segmentos políticos e agentes de comunicação social" envolvem a elétrica num "conjunto de mitos"

A EDP está a ser alvo de "uma campanha mediática negativa por parte de um lobby organizado", que coloca junto da opinião pública um "conjunto de mitos".

A denúncia foi deixada por Eduardo Catroga, presidente do Conselho Geral de Supervisão da EDP, em entrevista à revista institucional da eléctrica, que está a ser citada pelo Eco.

Segundo o gestor, esses "mitos" são passados para a opinião pública por um grupo organizado "com influência junto da opinião pública e de certos segmentos políticos e agentes de comunicação social".

"Há uma mistura de grande incompetência técnica de alguns detractores, com a demagogia política de outros, e a falta de estudo da matéria de tantos outros", referiu Catroga, alegando que "a realidade é que os supostos favorecimentos à EDP (…) que estão na origem das queixas desse lobby apresentadas a Bruxelas não têm, no fundo, consistência técnica como a própria Comissão Europeia já sentenciou".

Catroga vai deixar o cargo de presidente do Conselho Geral de Supervisão da EDP, que será ocupado por Luís Amado.

Autor:  Negócios

1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias