CGD vai cobrar 88 cêntimos por transferências MB WAY

Ficam isentos os pagamentos feitos através das aplicações oficiais do banco

A Caixa Geral de Depósitos vai passar a cobrar 88,4 cêntimos por cada transferência feita através da aplicação MB WAY, como aponta o novo preçário do banco público. As alterações entram em vigor a 25 de janeiro. 

Como avança o ECO esta quarta-feira, o banco público junta-se ao BPI, Millennium BCP, Santander e Caixa Agrícola, bancos que também já cobram uma comissão por este tipo de transferências. Ficam isentos os pagamentos feitos através das aplicações oficiais do banco, bem como os clientes com menos de 26 anos e contas pacote (estes últimos poderão fazer transferências gratuitas em todas as aplicações). 

O banco já tinha no seu preçário um valor unitário de 20,8 cêntimos por operação, mas ainda não tinha começado a cobrá-la. Assim, a partir de 25 de janeiro e em qualquer operação, seja ela de um euro ou de 100, os clientes passam a pagar. 

Ainda assim, a Caixa vai cobrar um dos valores mais baixos do mercado, uma vez que o BPI e o BCP cobram perto de 1,25 euros, o Santander aplica um custo de quase 94 cêntimos e o Crédito Agrícola cobra 26. Não há, no entanto, um limite estabelecido por lei para os aumentos destas comissões.

Por Sábado
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.