Cimeira especial da UE adiada porque Charles Michel está em quarentena

Conselho Europeu previsto para os próximos dias 24 e 25 de setembro foi adiado para 1 e 2 de outubro

Charles Michel, presidente do Conselho Europeu, esteve em contacto com um elemento da segurança que testou positivo à covid-19 e, como tal, em cumprimento das regras sanitárias em vigor na Bélgica, está de quarentena desde esta terça-feira, razão pela qual foi adiada a cimeira especial prevista para esta quinta e sexta-feira (24 e 25 de setembro) e que agora terá lugar a 1 e 2 de outubro. 

A informação foi avançada, através da rede social Twitter, pelo porta-voz de Charles Michel, que acrescenta que o antigo primeiro-ministro da Bélgica foi ontem testado, tendo o resultado dado negativo. Revela ainda que Michel tomou hoje conhecimento de que, no início da semana passada, manteve contacto próximo com um elemento da segurança do Conselho que testou positivo ao novo coronavírus e que o Presidente do Conselho "é regularmente testado".
A agenda prevista para o encontro dos líderes de governo e chefes de Estado da União Europeia inclui a discussão de temas como o reforço da resiliência, designadamente através de um mercado único mais robusto, de uma política industrial mais coesa e adaptada aos novos desafios e ainda da digitalização da economia. As relações externas da União, em particular com a China e a Turquia, são outros pratos na ementa de um Conselho Europeu em que o plano de relançamento económico da UE merecerá atenção especial.

Por Negócios
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.