Cofina acusa dona da TVI de "inusitada agressividade e descontrolo"

Media Capital enviou carta ao regulador dos média com acusações ao grupo concorrente, que mantém interesse na aquisição da maioria do seu capital

Régie de televisão
Régie de televisão

A Cofina "estranha a inusitada agressividade da Media Capital, com insinuações que são a qualquer título injustificáveis e reveladoras de um certo descontrolo" depois de uma carta enviada pela dona da TVI à Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC).

Na missiva enviada à ERC, a Media Capital considera de "enorme gravidade" o comunicado no qual o regulador diz estar a analisar as mudanças na estrutura accionista da Media Capital, decorrente das nomeações realizadas no canal de televisão que a imprensa diz estarem a ser realizadas pelo accionista minoritário da empresa, Mário Ferreira.

"Face a estas declarações públicas nomeadamente sobre uma pretensa influência da Cofina junto da Entidade Reguladora para a Comunicação Social, a Cofina relembra que, nos termos da Lei, a ERC é uma entidade independente por natureza, dotada de amplos poderes de atuação oficiosa (sem necessidade de qualquer impulso de terceiros), e insuscetível de influências no exercício das respetivas competências e atribuições, cujo progresso e eventual desfecho estarão sempre na exclusiva esfera desta", refere fonte oficial do grupo que detém o Record, CM, a CMTV, Negócios ou Sábado, entre outros títulos.

A Media Capital, na carta também enviada à 1.ª Comissão da Assembleia da República, à Comissão da Cultura e a todos os líderes parlamentares, afirma ainda que "nem a TVI nem os acionistas da holding que a controla praticam qualquer ato ilícito, nem o mesmo se encontra indiciado" e diz-se livre de "proceder às escolhas das pessoas que melhor entendem estarem em condições de desempenhar" funções na empresa.

A Cofina relembra ainda que "mantém o seu interesse na aquisição da maioria do capital da Media Capital pelo que não se compreendem as acusações de que queira, de alguma forma, desvalorizar a companhia" e afirma que "está segura de que tem cumprido todos os passos regulamentares exigidos pela lei".

1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.