Combate aos incêndios com dispositivo total até 15 de outubro

Previsões meteorológicas levaram o Ministério da Administração Interna a prolongar o dispositivo

;

As previsões meteorológicas para a primeira metade do mês de outubro levaram o Ministério da Administração Interna (MAI) a prolongar o dispositivo de combate aos incêndios rurais na sua capacidade máxima até dia 15.

"Face às previsões meteorológicas para a primeira quinzena de Outubro - com temperaturas superiores à média para esta época do ano e baixa probabilidade de ocorrência de precipitação - um quadro que deverá levar à manutenção do risco de incêndio florestal em níveis elevados, e considerando a prorrogação até 15 de Outubro do período crítico no âmbito do Sistema Nacional de Defesa da Floresta Contra Incêndios, o Ministério da Administração Interna determinou à Autoridade Nacional de Protecção Civil o prolongamento do Nível de Empenhamento Operacional (Reforçado) Nível IV até 15 de Outubro", refere o MAI em comunicado enviado às redacções esta quarta-feira.

"Será assegurada a continuidade da operação dos meios cujo empenhamento operacional terminava a 30 de Setembro, nomeadamente dos meios aéreos, dos respectivos Centros de Meios Aéreos, das Equipas dos Corpos de Bombeiros e dos Comandantes de Permanência às Operações", explica a nota do ministério tutelado por Eduardo Cabrita. 

Segundo o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR), vão continuar operacionais 10.767 elementos e 2.463 veículos dos vários agentes presentes no terreno e 55 meios aéreos.

A previsão de temperaturas "com valores acima do que é padrão" e a baixa probabilidade de ocorrência de precipitação tinha já levado, na terça-feira, o Ministério da Agricultura a prorrogar até 15 de Outubro o período crítico de incêndios.

Segundo nota do Ministério, trata-se de "um prolongamento tendo em consideração as circunstâncias meteorológicas prováveis para a primeira quinzena de Outubro, de temperaturas com valores acima do que é o padrão para a época, uma baixa probabilidade de ocorrência de precipitação e porque o território nacional se encontra em níveis elevados de valores de severidade meteorológica diária acumulada".

Autor: Negócios

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.