Andrew Parsons, presidente do Comité Paralímpico Internacional, lamentou o falecimento de Stephen Hawking e destacou a sua importância no mundo das pessoas portadoras de deficiência.

"O professor Stephen Hawking foi um homem extraordinário e pioneiro para todas as pessoas com deficiência. Dava sentido à palavra capacidade melhor do que ninguém", considerou aquele responsável, em comunicado.
  
"No movimento paralímpico sempre dissemos que os atletas paralímpicos vêem os desafios como oportunidades para fazer as coisas de forma diferente. Embora não tenha sido um atleta paralímpico, 
Hawking fez exatamente isto, encontrando soluções inovadoras para superar a sua incapacidade e continuar o seu trabalho inovador como físico", acrescentou.

"Estamos eternamente agradecidos pela sua participação nos Jogos Paralímpicos de Londres, em 2012; as palavras que proferiu na cerimónia de abertura foram verdadeiramente mágicas", finalizou Andrew Parsons.