Contratados três laboratórios estrangeiros para ajudar Laboratório Antidopagem

Face à suspensão imposta

• Foto: Lusa

A Secretaria de Estado da Juventude e do Desporto (SEJD) informou ontem estar a negociar com os laboratórios de Gante (Bélgica), Barcelona e Madrid (Espanha) para que estes realizem as análises que o Laboratório Antidopagem (LAD), de Lisboa, ficou impossibilitado de fazer devido à suspensão imposta pela Agência Mundial Antidopagem (AMA).

Segundo a SEJD, "a prioridade tem sido encaminhar as amostras em atraso, relativas a 2015, e que ainda se encontram acondicionadas nas instalações do LAD". As condições de envio para Barcelona já foram acertadas, faltando finalizar a negociação com o laboratório belga, o que deverá acontecer até dia 11.

O Governo português negociou com os laboratórios o prazo de um mês para o envio dos resultados e criou um programa prioritário para os atletas olímpicos, cujas análises deverão ser feitas em Madrid, embora os seus responsáveis ainda não tenham respondido.

A SEJD diz ainda em comunicado que está a trabalhar na requalificação do LAD, esperando que o "prazo de suspensão seja o mais curto possível".

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.