Coronavírus: Governo Regional garante que a Madeira não está em fase exponencial

O arquipélago regista 12 casos

• Foto: Lusa

A Região Autónoma da Madeira não está na fase exponencial da epidemia da covid-19 como acontece em Portugal continental, disse esta segunda-feira o secretário regional da Saúde e da Proteção Civil, Pedro Ramos.

"É preciso ver que a fase em que o país se encontra é uma fase totalmente diferente, é uma fase exponencial. Nós ainda não estamos nessa fase exponencial, assim o demonstra o gráfico e o número de casos que tem vindo a surgir dia-a-dia, um dia um, outro dia dois, outro um, outro três. Nós não estamos com nenhuma curva exponencial", esclareceu o governante, numa videoconferência sobre o relatório da situação epidemiológica na Madeira.

Pedro Ramos considera, por isso, crucial a presente semana, porque "até agora todos os casos são importados, vieram de fora da região", faltando agora saber se desencadearão uma transmissão comunitária em cadeia.

O secretário regional conclui que esta será "uma semana de redobrada atenção", quer na evolução dos casos, quer na sua expansão territorial, admitindo que o pico não se dará ainda daqui a duas semanas como está previsto a nível nacional.

Pedro Ramos adiantou também que nenhum dos doentes com a covid-19 "precisou de recorrer à ventilação", havendo já cinco casos que prosseguem o tratamento em casa.

A Região Autónoma da Madeira tem 12 casos positivos confirmados para a covid-19 e zero casos suspeitos em estudo.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 345 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 15.100 morreram.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

O continente europeu é aquele onde está a surgir atualmente o maior número de casos, com a Itália a ser o país do mundo com maior número de vítimas mortais, com 6.077 mortos em 63.927 casos. Segundo as autoridades italianas, 7.024 dos infetados já estão curados.

Em Portugal, há 23 mortes e 2.060 infeções confirmadas, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde.

Dos infetados, 201 estão internados, 47 dos quais em unidades de cuidados intensivos.

Portugal encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de quinta-feira e até às 23:59 de 02 de abril.


 

 

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.