Coronavírus: Infectados em Portugal aumentam para 1.020 e há seis vítimas mortais

Anunciou a Direção Geral de Saúde

O número de pessoas infetadas em Portugal com o novo coronavírus aumentou para 1.020, um crescimento de 30% face a ontem, anunciou a Direção Geral de Saúde. 

Ontem o número de infetados tinha aumentado 22% para 785, pelo que em termos absolutos a subida de casos foi de 235.

Quanto ao número de vítimas mortais, são agora seis, mais três do que ontem. Segundo a DGS, há dois mortos na região de Lisboa e Vale do Tejo, dois no centro, um no Norte e no Algarve.

O aumento de casos confirmados surge numa altura em que o total de casos não confirmados situa-se em 5.862 (4.788 na véspera) e o número de casos suspeitos atinge os 7.732.

850 pessoas aguardam resultados de testes laboratoriais (488 na véspera).

O número de pessoas em vigilância pelas autoridades é agora superior a 9.000. O número de cadeias de transmissão ativas mantém-se em 24. Espanha é o país com o maior número de casos importados (31), seguindo-se Itália (20).

O número de casos totalmente recuperados é agora de cinco. Os dados indicam que dos 1.020 casos confirmados, apenas 126 permanecem internados, 26 dos quais em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI). Ontem estavam 89 internados e 20 nos cuidados intensivos.

Assim, apenas 2,5% das pessoas infetadas estão internadas em cuidados intensivos. Do total, 12,4% estão internados. 


A região Norte (506) continua a ser a região que regista o maior número de casos confirmados, com quase metade do total. Segue-se Lisboa e Vale do Tejo (361), região Centro (106) e Algarve (29). Há três casos nos Açores e um na Madeira. No Alentejo continuam a ser dois.

1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.