Coronavírus: Madeira tem 39 casos de infeção, cinco são novos

Apenas um está internado no Hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal

• Foto: DR Record

O Instituto de Administração da Saúde (IASAÚDE) da Madeira elevou este domingo para 39 o número de infeções por covid-19 no arquipélago, mais cinco do que no sábado, encontrando-se apenas um no Hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal.

"Totalizámos hoje 39 casos, mais cinco do que aqueles que tínhamos ontem [sábado] e quatro doentes esperam resultados laboratoriais", revelou, em videoconferência, a vice-presidente do IASAÚDE, Bruna Gouveia.

Adiantou ainda que dos 198 casos suspeitos já analisados na região 155 foram negativos.

Os cinco casos positivos de hoje, dois são homens e três são mulheres, com idades que variam entre os 20 e os 79 anos.

"Todos os casos de hoje têm residência na Madeira e distribuem-se pelos concelhos de Santa Cruz, Funchal, Calheta, Ponta do Sol e Porto Santo", revelou.

Destes casos, Bruna Gouveia salientou que "apenas um tem ligação epidemiológica a uma área de contaminação comunitária ativa fora da região, nomeadamente à a Austrália".

"Os restantes quatro casos constituem casos de transmissão local, dois deles estão associados a uma situação já identificada de transmissão no concelho da Ponta do Sol, um caso novamente associado ao contacto com turistas provenientes do Reino Unido que estiveram na Madeira entre 9 e 14 de março e eram sintomáticos e positivos conforme identificado no país após o regresso, e um novo caso de uma doente do Porto Santo que teve contactos com pessoas provenientes do Reino Unido ou Dinamarca", acrescentou.

Em vigilância ativa encontram-se 766 pessoas ente as quais oito profissionais de saúde, e em vigilância passiva 1.462 pessoas.

Em quarentena obrigatória após o desembarque no Aeroporto da Madeira estão 210 passageiros, 25 no Hotel Praia Dourada, no Porto Santo, 98 na Quinta do Lorde, em Machico e 87 no Vila Galé, em Santa Cruz.

A linha SRS24 registou hoje 226 chamadas e o valor cumulativo é já de 4.522 chamadas.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 697 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 33.200.

Dos casos de infeção, pelo menos 137.900 são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 119 mortes, mais 19 do que na véspera (+19%), e registaram-se 5.962 casos de infeções confirmadas, mais 792 casos em relação a sábado (+15,3%).

Dos infetados, 486 estão internados, 138 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 43 doentes que já recuperaram.

Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março e até às 23:59 de 02 de abril.

Além disso, o Governo declarou no dia 17 o estado de calamidade pública para o concelho de Ovar.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0