Coronavírus: Proteção Civil de Lisboa ativa plano de emergência distrital

Devido à pandemia da covid-19

• Foto: Paulo Calado

A Comissão Distrital de Proteção Civil (CDPC) de Lisboa decidiu este domingo, por unanimidade, ativar o plano de emergência distrital devido à pandemia da covid-19, informou à agência Lusa o presidente daquela entidade, Hélder Sousa Silva.

"Julgámos oportuno ativar o nosso plano distrital de emergência e de proteção civil para o distrito de Lisboa", disse o também presidente Câmara Municipal de Mafra, acrescentando que entrará em vigor a partir das 00:00 de segunda-feira.

De acordo com o autarca (PSD), a ativação do plano foi proposta à secretária de Estado da Proteção Civil, Patrícia Gaspar, que irá lançar um despacho com a tomada de posição.

Para Hélder Sousa Silva, o plano servirá para flexibilizar a mobilização de meios entre os municípios numa perspetiva de ajuda mútua no combate ao covid-19.

"Esta decisão, acertada e aprovada por unanimidade, visa flexibilizar a intervenção e a resposta conjunta, porque dentro em breve os meios próprios de cada município não vão ser suficientes para responder a todas necessidades", referiu.

Hélder Sousa Silva salientou ainda a criação de um grupo permanente de acompanhamento constituído pela CDPC de Lisboa, pela PSP, pela GNR, pela Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, pelo INEM, pela Cruz Vermelha, pelas Forças Armadas, pela Autoridade Marítima e pela Segurança Social.

Segundo o presidente da Comissão Distrital de Proteção Civil de Lisboa, haverá reuniões durante a semana, às 11:00, por videoconferência, e uma extraordinária todas às quartas-feiras, às 14:30.

O distrito de Lisboa é constituído pelos concelhos de Alenquer, Amadora, Arruda dos Vinhos, Azambuja, Cadaval, Cascais, Lisboa, Loures, Lourinhã, Mafra, Odivelas, Oeiras, Sintra, Sobral de Monte Agraço, Torres Vedras e Vila Franca de Xira.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 119 mortes, mais 19 do que na véspera (+19%), e registaram-se 5.962 casos de infeções confirmadas, mais 792 casos em relação a sábado (+15,3%).

Dos infetados, 486 estão internados, 138 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 43 doentes que já recuperaram.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 667 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 31.000.

Dos casos de infeção, pelo menos 134.700 são considerados curados.

 

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0