Coronavírus: Rede Aga Khan disponibiliza ala de hotel para pessoal médico em Lisboa

Durante a crise causada pela pandemia de covid-19

A Rede Aga Khan, em coordenação com uma cadeia de hotéis, disponibilizou uma ala de uma unidade hoteleira em Lisboa, para ser usada por profissionais de saúde, durante a crise causada pela pandemia covid-19.

A ala, com 86 quartos, pode ser usada já a partir de segunda-feira num hotel da cadeia VIP que se situa junto ao hospital Curry Cabral, na avenida de Berna, em Lisboa.

"A oferta pretende responder a uma necessidade do Centro Hospitalar de Lisboa Central, tendo sido operacionalizada em coordenação com a administração dessa entidade, bem como com o Ministério da Saúde e com o Presidente da Câmara de Lisboa", anunciou hoje a Rede Aga Khan para o Desenvolvimento, em comunicado.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 667 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 31.000.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 119 mortes, mais 19 do que na véspera (+19%), e registaram-se 5.962 casos de infeções confirmadas, mais 792 casos em relação a sábado (+15,3%).

Dos infetados, 486 estão internados, 138 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 43 doentes que já recuperaram.

Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março e até às 23:59 de 02 de abril.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0